Logo
Novos modelos da Volvo lançados no BCI

Foram, há dias, oficialmente lançados, no Auditório do BCI, em Maputo, novos modelos automóveis da Volvo e uma nova solução de financiamento do BCI. Trata-se dos modelos XC40 e XC90 da Volvo, e uma linha de financiamento especial para a aquisição de viaturas comercializadas pela Entreposto, com taxas de juro bonificadas.

Falando na cerimónia de lançamento, o presidente da Comissão Executiva do BCI, Paulo Sousa, referiu que “ao lançarmos esta iniciativa, estamos todos nós a dar também um sinal para a economia moçambicana. Muitas vezes a economia é feita de pequenas percepções, de estímulos, de aspirações, de perspectivas. Acho que a economia moçambicana precisa destes pequenos sinais que todos vamos dando, num cenário em que já tivemos um momento de elevadas taxas de juro, onde já iniciámos um percurso de descida. Temos um longo caminho ainda a percorrer. Mas este é o momento certo para começarmos a lançar algumas iniciativas que já vão beneficiar da evolução que, seguramente, a economia vai ter e, portanto, em que os nossos clientes que decidam contrair um crédito, a sua expectativa é que seguramente as taxas de juro vão baixar. Estão criadas as condições para que isso possa acontecer e não terem as preocupações que no passado tiveram com o pico elevado de taxas de juro que tivemos”.

Para o presidente do Conselho de Administração da Entreposta Auto, o protocolo firmado “é para nós um desafio muito interessante que o BCI nos lançou neste nosso sector de actividade. Venda de automóveis e soluções de financiamento é algo essencial para potenciar o nosso negócio. E soluções de financiamento ajustadas a tipos de viaturas e a tipos de clientes são meio-caminho andado para potenciar, de facto, esse negócio. O protocolo que hoje aqui assinámos é algo novo também para nós” – disse e prosseguiu: “em mercados maduros, o financiamento automóvel representa normalmente cerca de 70% das vendas. Moçambique ainda terá, provavelmente, nesta matéria, um caminho a percorrer. Mas isso revela também que o BCI foi capaz de interpretar e de identificar esta oportunidade que estou consciente e seguro de que tem um enorme potencial de crescimento nos próximos tempos”.

Maputo, aos 1 de Junho de 2018