Logo
Flores de Esperança

‘Sejam Flores’, da autoria do artista plástico moçambicano Virgílio Tamele, foi o título da exposição inaugurada no passado dia 24 de Agosto na nossa Mediateca em Maputo.

“Trago a estética, a disciplina e o rigor das flores. ‘Sejam Flores’ é um apelo para que sejamos como as flores. O meu desejo é que ao observarmos cada obra, imaginemos o nosso quotidiano como uma flor, isto é, sejamos independentes e incondicionais como as flores”, resumiu Tamele.

Na mostra foi utilizada a técnica pastel, “um grande desafio porque é uma técnica muito exigente”, refere o autor.

Teresa Manjate, colega e amiga, traçou pontes entre duas exposições de Tamele, ‘Renascer com Cores’ e ‘Sejam Flores’: “Ambas fazem um apelo à vida, sobretudo em momentos particularmente difíceis como este que atravessamos, em que andamos todos de sobrolho franzido. De alguma maneira somos flores que murcharam ou já não somos flores. Olho para esta exposição de Virgílio Tamele como um apelo para procurarmos um pouco de alegria que temos em nós, um pouco de cor que temos em nós.”

Recorde-se que, com entrada gratuita, ‘Sejam Flores’ está patente na Mediateca até 3 de Setembro.

Maputo, aos 26 de Agosto de 2016